8.2.07

Ode à preguiça

E aquelas tardes solarengas, durante os meses estivais,

sentada deitada esparramada deleitada num banquinho do pirk...

E aquele não mexer, não fazer nada, não pensar, não querer, não sentir...



Apenas deixar-me estar...


Apenas esperar que os segundos.. tic tic tic .. passem devagar..

que os minutos deslizem na espiral do relógio..

que as horas escorreguem lentamente até acabarem na lua..


E no acordar.. ser mais um dia..

um dia de não fazer nada.







4 comentários:

FRAZIDA disse...

saudades das nossas tardes...

Captain disse...

Nem sabes o qt tens razão...
Na altura é sempre akela coisa,"n temos nd para fazer" ou "n se faz nd nesta terra" mas é mm o k o povo gosta;)***

BuBBaLiCiUX disse...

xii sabe p0uc0 bem sim!!é a n0ssa terrinha e iss0 ng n0s tira!!*

SoFU disse...

acreditem migos... que saudades das nossas tardes no pirk!era so rir..e sem preocupações!temos de repetir!

Bj grande tropa